3 de julho de 2022
  • :
  • :

Tinoco diz que onda de violência prejudica turismo da Bahia

Tinoco diz que onda de violência prejudica turismo da Bahia

O vereador Claudio Tinoco (União Brasil) afirmou nesta terça-feira (16) que a onda de violência tem prejudicado o turismo de Salvador e da Bahia, ao comentar os casos de assaltos a turistas e a bares e restaurantes nas últimas semanas. Ele criticou o governo do estado e cobrou ações efetivas para identificar e punir os criminosos e proteger a população e os visitantes.

“Não é nada agradável ver em todo o Brasil notícias de assalto a uma tripulação da Gol e a turistas em pleno Centro Histórico da nossa cidade. É óbvio que isso prejudica a imagem não só de Salvador, mas da Bahia. O turismo é um setor fundamental da nossa economia, pois gera emprego e renda e tem ainda muito potencial. Mas hoje a insegurança dos governos petistas está prejudicando a nossa imagem”, salientou.

Nos últimos dias, ganharam destaque imagens de um assalto a uma turista no Pelourinho, além de outro roubo a uma tripulação da Gol, o que provocou o cancelamento do voo da companhia. Na semana passada, um grupo de turistas foi assaltado por sete homens no Centro Histórico, além de diversos casos de roubos a estabelecimentos terem sido registrados.

Ex-secretário de Cultura e Turismo da capital, Tinoco pontuou que Salvador passou nos últimos anos por uma transformação na área do turismo, com a recuperação de trechos da orla, a requalificação e criação de novos equipamentos turísticos, além do impulsionamento da imagem da cidade no Brasil e no exterior visando atrair visitantes.

“Nós temos uma vocação para o turismo, que é um setor importante para nossa economia, pois gera milhares de empregos em Salvador e movimenta o comércio e serviço da capital. Os governos do PT, infelizmente, não conseguiram combater o crime organizado e hoje a violência tomou uma proporção imensa, em que a gestão petista não tem mais controle”, disse o vereador.

Foto: Divulgação/Ascom




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *