15 de agosto de 2022
  • :
  • :

Costa do Sauípe ganha Vila Assombrada inspirada em obra de Gilberto Freire

Costa do Sauípe ganha Vila Assombrada inspirada em obra de Gilberto Freire

Lendas urbanas e mitos do Nordeste brasileiro passam a transitar pela Vila Assombrada de Costa do Sauípe, oferecendo mais uma opção de entretenimento definitiva aos hóspedes. A atração traz a ambientação baseada em “Assombrações do Recife Velho”, obra do escritor pernambucano Gilberto Freyre, que retrata histórias sinistras de 12 casarões e prédios mal-assombrados na cidade.

Na Vila Assombrada, hóspedes a partir de 10 anos terão acesso a cenários, projeções, sons e iluminação especiais, para deixar a experiência ainda mais assustadora, enquanto cruzam com personagens como Papa Figo, Branca Dias, Palhaço do Coqueiro, Lobisomem e Boca de Ouro.

Conheça os personagens:

Papa Figo – Também chamado de “homem do saco” ou “velho do saco”, é uma lenda do folclore brasileiro, conhecida em todas as regiões, sobretudo em meios rurais.

Branca Dias – Reza a lenda que era uma rica dona de engenho vivendo tranquila no Recife de antigamente. Acusada de bruxaria, deixou suas riquezas no açude antes de falecer.

Palhaço do Coqueiro – Mais precisamente no bairro do Janga, no município pernambucano do Paulista, ele prega sustos nas noites de lua minguante, semelhante a um sorriso, quando desce do coqueiro disposto a castigar a todos que não sorriam em seu caminho.

Lobisomem – O Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes, teria sua própria lenda internacional. Em 2008, um suposto lobisomem aterrorizava o bairro e estampou as páginas do jornal local. Um cartaz foi espalhado na região, alertando os moradores.

Boca de Ouro – Com a boca cheia de dentes de ouro, esse personagem apavora os homens que caminham sozinhos de madrugada, depois da farra. Não adianta fugir, já que, quando a vítima chega à outra esquina ou encruzilhada, lá está ele, soltando outra risada medonha.

A Vila Assombrada funcionará às segundas, quartas e sábados, das 20h às 22h30, com sessões com duração de 10 a 13 minutos, com público de 10 a 12 pessoas. A entrada será gratuita a hóspedes no primeiro mês da atração, passando a custar R$ 25 após o período. Os interessados podem adquirir os ingressos na Quermesse da Vila.

Crianças entre 10 e 14 anos devem estar acompanhadas de um adulto responsável. A atração não é recomendada para pessoas cardíacas, com labirintite, gestantes ou sensíveis a estímulos visuais.

Foto: Divulgação/Ascom




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *