19 de agosto de 2022
  • :
  • :

Em dois anos, Braskem destina mais de R$ 9 milhões para ações socioambientais na Bahia

Em dois anos, Braskem destina mais de R$ 9 milhões para ações socioambientais na Bahia

Empenhada em contribuir para a transformação social e o desenvolvimento sustentável das comunidades do entorno de suas operações, a Braskem está investindo um total de R$ 9,1 milhões em projetos socioambientais entre 2021 e 2022, em Salvador e municípios da Região Metropolitana (RMS). Apenas em 2022, são cerca de 35 iniciativas nas áreas de economia circular, educação, inovação e empreendedorismo local. A companhia mantém o compromisso com a responsabilidade social, sendo este um dos seus macro-objetivos em alinhamento com os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU para 2030.

“Acreditamos que podemos contribuir para a transformação das comunidades onde atuamos. Por isso, investimos em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável”, afirma Magnólia Borges, gerente de Relações Institucionais da Braskem na Bahia. Entre 2015 e 2021, a companhia destinou cerca de R$ 16 milhões a ações socioambientais na Bahia, beneficiando em média 39,6 mil pessoas por ano.

Para fomentar a inclusão por meio da educação, a Braskem aposta em ações para os mais diversos públicos. O projeto Seja!, por exemplo, oferece a conclusão do ensino médio a distância, além de qualificação profissional em parceria com o Senai, atendendo mais de 100 jovens e adultos de Camaçari e Dias d´Ávila por ano. Já o Emprega Mais viabiliza a qualificação de profissionais desempregados e contribui com o desenvolvimento de comunidades de Camaçari, Dias d’Ávila e Simões Filho. A ação, realizada em parceria com o Senai, entregou este ano 66 certificados de conclusão nos cursos de Mecânico de Manutenção de Máquina Industrial, Auxiliar de Manutenção Elétrica Industrial e Assistente de Produção.

Com o objetivo de estimular o descarte consciente e o pós-consumo, a empresa aposta em projetos como Braskem recicla, realizado pela startup SOLOS. Este ano, a iniciativa arrecadou 17,1 toneladas de resíduos em dez dias de iniciativa, impactando mais de 2,3 mil pessoas que visitaram a estrutura geodésica, no Salvador Shopping. Outro exemplo é o Plastitroque, realizado em junho em escolas de Dias d´Ávila. Em sua terceira edição, a iniciativa promoveu a troca de mais de quatro toneladas de resíduos plásticos por seis toneladas de alimentos e mil itens de limpeza. Quase 700 famílias foram beneficiadas, gerando um impacto positivo em cerca de 2800 pessoas.

“É possível construir uma visão de consumo consciente através de ações práticas e fáceis. Desta forma, estamos trabalhando com as comunidades para criar essas soluções sustentáveis, além de concentrar esforços com o objetivo de gerar impacto positivo para essa e as próximas gerações”, afirma Magnólia Borges. Na área de reciclagem, a companhia promove o projeto Ser+, em parceria com a Cooperativa Mãos Verdes. A proposta é fomentar a cadeia por meio da capacitação de cooperativas de reciclagem.

O empreendedorismo também é um tema de grande relevância para a Braskem, que acredita no potencial de projetos idealizados em conjunto com as comunidades para suprir as necessidades locais. Um dos destaques é o primeiro edital da companhia, recém-lançado para apoiar iniciativas voltadas ao desenvolvimento local e sustentável de comunidades onde atua. Cada projeto selecionado vai receber recursos de até R$ 80 mil.

Um exemplo na temática de inovação é o projeto Corais de Maré, que tem como foco a recuperação de corais nativos da Baía de Todos os Santos com tecnologia inédita que utiliza o plástico e outros materiais recicláveis para potencializar o crescimento da espécie Millepora alcicornis. Além de trazer benefícios ao meio ambiente, a iniciativa estimula o desenvolvimento da Ilha de Maré com a formação de jovens da região em agentes ambientais, multiplicando conhecimento e ações socioambientais em suas comunidades. A ação é uma realização da Carbono 14, em parceria com a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e o Instituto de Pesca Artesanal de Ilha de Maré (IPA).

Foto: Tayse Argôlo/Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *