19 de agosto de 2022
  • :
  • :

Salvador confirma mais dois casos de varíola dos macacos; capital tem 12 casos

Salvador confirma mais dois casos de varíola dos macacos; capital tem 12 casos

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou nesta sexta-feira (5), que registrou mais dois casos confirmados da “Monkeypox”, doença conhecida como varíola dos macacos, em Salvador. O órgão também confirmou o primeiro caso na cidade de Cairu, no sul do estado.

A capital baiana já registrou 12 casos e outros quatro aconteceram nas cidades de Santo Antônio de Jesus, Cairu e Ilhéus.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Salvador informou que do total de ocorrências confirmadas na capital baiana, 11 são pacientes do sexo masculino e um feminino. Outros 76 casos seguem sob investigação na cidade.

A partir de segunda-feira (8), o plano de ação montado pela Prefeitura de Salvador contará com 28 unidades básicas de referência para atendimento e coleta laboratorial. Além disso, a rede de atenção terá 16 unidades de urgência e emergência.

O primeiro caso da Monkeypox no estado ocorreu no dia 13 de julho. Ainda de acordo com o órgão de saúde, a Bahia tem 90 casos suspeitos da doença.

A Monkeypox se assemelha à varíola humana, que foi erradicada em 1980. Os principais sintomas da doença são febre, dores de cabeça, musculares e nas costas, adenomegalia, calafrios e exaustão. A infecção é autolimitada com sintomas que duram de 2 a 4 semanas, geralmente dividida em dois períodos: Invasão, que dura entre 0 e 5 dias, com febre, cefaleia, mialgia, dor das costas e astenia intensa; Erupção cutânea começa entre 1 e 3 dias após o aparecimento da febre. A erupção tem características clínicas semelhantes com varicela ou sífilis, com diferença na evolução uniforme das lesões.

Foto: Reprodução




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *