16 de julho de 2024
  • :
  • :

Bruno Reis lança projeto Saúde nos Bairros para levar exames e consultas a localidades onde há demanda reprimida

Bruno Reis lança projeto Saúde nos Bairros para levar exames e consultas a localidades onde há demanda reprimida

A Prefeitura de Salvador lançou nesta terça-feira (18) o projeto Saúde nos Bairros, que levará atendimento médico gratuito e realização de exames a diversas comunidades da capital baiana de forma itinerante. A iniciativa foi lançada no Residencial Bosque das Bromélias, no Jardim das Margaridas, durante solenidade com a presença do prefeito Bruno Reis e da vice-prefeita e secretária municipal da Saúde, Ana Paula Matos, entre outras autoridades municipais.

No Jardim das Margaridas, a ação itinerante, realizada pela Secretaria Municipal de Salvador (SMS), começou na última sexta-feira (14) e já atendeu 1,3 mil pessoas em três dias. A iniciativa, que segue na localidade até o próximo dia 29, oferece consultas com médicos clínicos, cardiologistas e pediatras, além de odontólogos. Os moradores também podem realizar exames de mamografia, eletrocardiograma (ECG), ecocardiograma (ECO), transtorácico, doppler das carótidas, ultrassonografia mamária, ultrassonografia do abdome, ultrassonografia pélvica, ultrassonografia da tireoide e exames laboratoriais em geral.

O prefeito Bruno Reis destacou que o Saúde nos Bairros vai percorrer todos os 12 Distritos Sanitários de Salvador. “Esse é um projeto inédito que a Prefeitura está realizando, levando sobretudo aqueles serviços de saúde que estavam represados por conta da pandemia. Há uma demanda muito grande reprimida e, além de todos os serviços que nós oferecemos na nossa rede de assistência, estamos agora ampliando a oferta, levando-a também para mais perto de onde as pessoas estão. A nossa expectativa é de realizar muitas consultas, muitos exames, para aos poucos ir diminuindo essa fila”, disse.

A vice-prefeita e secretária da Saúde, Ana Paula Matos, explicou que a ideia do programa surgiu quando a pasta mapeou os bairros onde havia maior demanda reprimida de exames e consultas provocada pela pandemia. Sendo assim, convocou para o Saúde nos Bairros inicialmente as pessoas que já estavam com atendimento agendado no Sistema Vida+, a fim de diminuir a fila, porém reservou uma cota para a demanda espontânea. Com isso, o programa também tem recebido outros pedidos e direcionado para atendimento em unidades da rede municipal.

“Estamos encaminhando, por exemplo, pedidos de tomografia e outros exames para o Hospital Municipal. Tivemos pedido de consulta com reumatologista, pedido de cirurgia bariátrica. Então eu estou aqui olhando caso a caso e encaminhando para a nossa rede e para os nossos parceiros. Ou seja, ao mesmo tempo em que eu atendo essa demanda reprimida trazendo o serviço diretamente ao bairro, eu consigo ouvir outros pedidos das pessoas e atendê-las. Por isso é muito importante ter essa estrutura tão próxima, que sirva de escuta”, disse Ana Paula Matos.

Próximas etapas – O prefeito Bruno Reis afirmou que, após o Bosque das Bromélias, o Saúde nos Bairros já tem destino: o Tororó, no Centro da cidade. “Lá também há uma demanda muito grande, e a gente tem priorizado atender onde há um vazio assistencial ou onde os serviços existentes não estão dando conta da demanda. Com esse programa, aliado aos nossos multicentros e aos serviços que nós estamos contratando na rede, nós estamos perseguindo zerar a fila de espera por consultas, exames e cirurgias”, disse.

Também por conta da demanda espontânea desses três dias, outros serviços serão agregados ao Saúde nos Bairros, como consultas com oftalmologista e aplicação das vacinas bivalente, contra a Covid-19, e contra a Influenza, além daquelas do calendário básico para o público infantil.

Os serviços são realizados em uma unidade móvel estacionada no setor chocolate do Bosque das Bromélias, número VI. Os atendimentos são realizados de segunda a sábado, das 7h às 17h, até o dia 29 de abril. A expectativa é de que sejam prestados pelo menos 500 serviços por dia durante a estadia na comunidade, entre consultas e exames. Os interessados devem apresentar Cartão SUS, RG e guia dos exames solicitados. O atendimento espontâneo está aberto também para moradores das comunidades de Areia Branca, São Cristóvão, Ceasa e Biribeira.

Foto: Valter Pontes/Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *