18 de abril de 2024
  • :
  • :

Feira de Santana confirma segundo caso de raiva em morcego

Feira de Santana confirma segundo caso de raiva em morcego

A Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana confirmou o segundo caso de raiva em morcego na cidade neste ano. O animal foi achado no bairro Gabriela, onde uma equipe do Centro de Controle de Zoonoses esteve para realizar ações de prevenção e proteção. O caso anterior foi registrado no bairro Caseb.

O CCZ vacinou cães e gatos das localidades, uma medida considerada essencial para prevenir a disseminação da raiva entre animais domésticos e para proteção da saúde da população.

A orientação para a população é que se encontrar um morcego morte acione de maneira imediata o Centro Municipal de Controle de Zoonoses pelo número (75) 9 9851-8583 para que o animal seja recolhido e submetido a exames para verificar se estava infectado com o vírus da raiva.

“Evitar tocar em morcegos mortos é uma medida de segurança essencial, uma vez que o vírus da raiva pode sobreviver mesmo após a morte do animal. A raiva é uma doença viral que afeta o sistema nervoso central e pode ser transmitida aos seres humanos por meio da mordida de um animal infectado, sendo os morcegos, neste caso, os principais transmissores”, explica Mirza Cordeiro, médica veterinária e coordenadora do CCZ.

Todos os casos de agressões aos seres humanos envolvendo cães e gatos, devem ser encaminhados para o setor da antirrábica sediado no Centro de Saúde Especializado Dr. Leone Coelho Lêda (CSE) para acompanhamento.

Vacinação antirrábica

Mesmo com o fim da campanha de vacinação antirrábica, a imunização continua sendo realizada com frequência nos bairros onde foram encontrados os animais infectados.

A vacinação ocorrerá nos dias 11, 13 e 14 de setembro, das 9h às 14h. No primeiro dia, equipes vão atuar no posto de saúde Homero Figueiredo, no bairro Gabriela. No segundo dia, a imunização será no posto de saúde do Caseb II e o encerramento na Associação de Moradores do Caseb I.

A imunização dos animais também pode ser feita na sede do CCZ, localizada na avenida Eduardo Fróes da Mota, S/N.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *