23 de fevereiro de 2024
  • :
  • :

Bruno Reis anuncia campanha de letramento digital que premia professores com viagens e 1,5 mil ingressos para show de Brown

Bruno Reis anuncia campanha de letramento digital que premia professores com viagens e 1,5 mil ingressos para show de Brown

A Prefeitura de Salvador lançou nesta quarta-feira (13) a campanha “Letramento Digital na Sala de Aula: Trilha para o Futuro!”, que tem como objetivo reconhecer e incentivar o empenho de educadores da rede pública do município na inclusão digital nas escolas. Os detalhes foram apresentados pelo prefeito Bruno Reis e pelo secretário de Educação (Smed), Thiago Dantas, durante evento com a presença de educadores da rede municipal no Hotel Fiesta, no Itaigara.

A campanha vai premiar educadores que se destacarem no uso da plataforma Tech4Kids, a partir de critérios como percentual de alunos participantes e quantidade de aulas completas. A primeira fase da campanha ocorre de 1° de outubro a 30 de novembro. Os vencedores receberão entradas para um show exclusivo de Carlinhos Brown no Wet’n Wild, no dia 8 de dezembro, numa apresentação especial para educadores da rede municipal. Devem ser distribuídos 1,5 mil ingressos, com direito a acompanhante.

A segunda fase se inicia em 15 de fevereiro de 2024 e se encerra em 30 de abril. Nela, os prêmios são 30 viagens para a cidade de São Paulo, onde os contemplados participarão de um congresso de Educação e Tecnologia, além de terem dias livres para lazer e entretenimento. Nesta etapa também estão previstas 10 viagens para Lisboa, com programação que envolve conhecer empresas de tecnologia, visita a escolas e turismo cultural.

Bruno Reis afirmou que a campanha é mais um incentivo à educação digital no município. “O nosso maior desafio hoje é o letramento digital de nossas crianças. Não tem jeito: essa é a realidade deles e, quanto mais cedo começarem, mais fácil ficará de aprender. Temos que garantir, através dos conteúdos, que eles se insiram nessa lógica para o futuro. Não estamos falando mais de empregos do futuro, hoje a tecnologia já é a área que melhor remunera no presente”, disse.

“Para que a gente crie esse ambiente de ensino digital, será necessário um esforço grande de trabalho. Tanto através de investimentos do município como, também, de mudanças no nosso dia a dia na sala de aula. É para isso que estamos aqui hoje: precisamos de vocês, da nossa rede de ensino, dos nossos professores. Peço a todos que espalhem na nossa rede esse sentimento”, acrescentou o prefeito.

Thiago Dantas afirmou que as lacunas deixadas pela pandemia na educação ainda pesam, e que o uso da educação digital é uma das estratégias para fortalecer a recomposição de aprendizado. “Quando a gente acrescenta tecnologia, fazemos com que o aluno tenha mais curiosidade e mais interesse no processo, porque ele se torna mais lúdico, mais desafiador e exige maior criatividade. As plataformas de letramento digital são, portanto, uma atividade complementar, que pode ser somada para potencializar a nossa estratégia de recomposição do aprendizado”, afirmou.

“A gente sabe, também, que os empregos do futuro serão criados predominantemente em tecnologia. Então, na medida em que nossos alunos adquirem habilidades relacionadas ao letramento digital, eles se preparam melhor para esse desafio. Sabemos ainda que a maior parte dos nossos alunos atravessa situações socioeconômicas bastante difíceis. Então, essa é uma forma de garantir equidade, de dar a eles melhores condições para participarem desse processo em pé de igualdade”, completou o titular da Smed.

O letramento digital na rede municipal de ensino hoje abrange cerca de 80 mil alunos que estudam do 2º ao 7º anos do Ensino Fundamental I ao Ensino Fundamental II. Implantando na capital baiana em 2020, o Tech4Kids leva noções de ciência da computação. Na prática, os alunos manuseiam tablets conectados com a plataforma “ubbu” – utilizada em vários países, como Estados Unidos, África do Sul, Espanha e Noruega. A ferramenta proporciona um aprendizado divertido, através de jogos interativos, vídeos animados e exercícios.

Educadores – Thiago Dantas destacou que, para que a estratégia de letramento digital seja um sucesso, a gestão municipal sempre considerou que é fundamental a participação dos educadores. Por isso foi criada a campanha, baseada numa experiência de sucesso feita no primeiro semestre deste ano, quando a Smed selecionou 10 professores que se destacaram no uso da plataforma Tech4Kids e do AVA (Ambiente Virtual de Aprendizado) e os levou para participarem de um congresso em Olinda.

Hyllem Cordeiro, professora do 4º ano na Escola Municipal Dr. Fernando Pondé, no Rio Vermelho, foi uma das educadoras premiadas com a viagem. Ela discursou no evento de lançamento da nova campanha sobre a sua experiência com o uso da Tech4Kids. “Vocês precisam presenciar um dia de ‘aula de tablet’, como eles chamam. Eles ficam fascinados com a aula e a gente sente o resultado no aprendizado. Mesmo aqueles que não tinham um desempenho tão bom assim na leitura e na escrita hoje estão com um domínio excelente graças a esse complemento”, disse.

“Eu vejo a plataforma como uma ferramenta de apoio e de atrativo para a aula. Porque, muitas vezes, o professor fica limitado na sala de aula. São tantas coisas legais para as crianças que estão fora da sala de aula e a gente só tem ao nosso lado a voz e o quadro. Então a plataforma vem somar e agregar ao nosso trabalho”, complementou Hyllem.

Foto: Valter Pontes/Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *