16 de julho de 2024
  • :
  • :

Prefeitura realiza ações de saúde na região da Lavagem do Bonfim

Prefeitura realiza ações de saúde na região da Lavagem do Bonfim

Com a aproximação do festejo da Lavagem do Bonfim, considerada como uma das maiores festas populares de Salvador que acontece antes do Carnaval, a Secretaria Municipal da saúde tem realizado diversas ações de cuidados preventivos. As iniciativas intersetoriais estão sendo realizadas pela Vigilância Sanitária (Visa) e o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

A vice-prefeita e secretária de saúde, Ana Paula Matos, destaca a importância das ações preventivas em prol dos cuidados com a saúde dos fiéis. “Estamos trabalhando para garantir a nossos fiéis e turistas que participarão da tradicional Lavagem do Bonfim, segurança e integridade à saúde, por isso, atuamos de forma preventiva, por meio do CCZ e da Visa, para que todos tenham uma festa segura, com muita diversão, expressando tranquilamente sua alegria e fé”, declara.

Zoonoses – As atividades de inspeções zoosanitárias para controle vetorial das arboviroses iniciaram na quarta (3) e seguem até esta sexta-feira (5). Serão inspecionados imóveis, equipamentos públicos e bueiros ao longo do trajeto da lavagem do Bonfim, incluindo o terminal marítimo, plano inclinado, praças e ferry boat.

Como parte integrante das atividades que antecedem as festas de largo, o CCZ estará realizando inspeção para identificação de colmeias de abelhas ou marimbondos com a finalidade de relocação. Será realizado, também, entre os dias 8 e 10 de janeiro, aplicação espacial de inseticida como medida preventiva contra o mosquito transmissor das arboviroses. A ideia é garantir um ambiente seguro para a população participar da festa com tranquilidade.

Vigilância Sanitária – No intuito de gerenciar, monitorar e minimizar o risco associado às atividades de interesse sanitário a Visa realiza ações de fiscalização em todo circuito onde acontecerá a Lavagem do Bomfim. Em todas as ações são fornecidas orientações e, caso seja necessário, a notificação é emitida pela Visa, sendo estabelecido um prazo para as devidas adequações, levando em consideração os riscos envolvidos. Se as exigências não forem cumpridas, medidas coercitivas podem ser adotadas, como a interdição.

Estas ações tiveram início em novembro de 2023. A previsão é que mais de 120 ações em restaurantes, bares, lanchonetes, padarias, sorveterias, hotéis, casas de eventos, localizados no circuito da festa e entorno, sejam realizadas até a véspera da festa.

“Até o momento, não identificamos infrações graves. A principal missão da Vigilância Sanitária é alertar quanto aos riscos sanitários e promover uma conscientização coletiva sobre os agravos que podem ser evitados. É educar para oportunizar mais espaços de inclusão e atenção à saúde”, destacou a diretora de Vigilância à Saúde, Andrea Salvador.

Foto: Divulgação/Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *