23 de fevereiro de 2024
  • :
  • :

Com aumento de 15% em 2023, letalidade policial na Bahia bate recorde

Com aumento de 15% em 2023, letalidade policial na Bahia bate recorde

Dados do Ministério da Justiça e Segurança Pública apontam que o indicador de letalidade policial cresceu 15% na Bahia em 2023 em comparação com o ano anterior.

O número de pessoas mortas em ações policiais saiu de 1.468 em 2022 para 1.689 no ano passado.

O número é recorde na série histórica. Os dados começaram a ser divulgados pelo governo do estado em 2008. A Bahia viveu um cenário de relativa estabilidade das mortes em ações policiais até 2015. Desde então, os indicadores de letalidade quadruplicaram.

No cenário nacional, houve uma queda de 2,3% na letalidade policial, saindo de 6.445 casos em 2022 para 6.296 no ano passado.

Em números absolutos, a Bahia é o estado com mais mortes em intervenções policiais, seguido do Rio de Janeiro (869 casos), Pará (529), Goiás (516) e São Paulo (504). Neste último, houve um aumento de 38% nos indicadores de letalidade neste primeiro ano da gestão Tarcísio de Freitas (Republicanos) em comparação com 2022.

Proporcionalmente, o Amapá segue como estado com maior proporção de mortes em ações policiais, com 20 casos para cada 100 mil habitantes. A Bahia vem na sequência, com uma taxa de 11 casos para cada 100 mil moradores.

Foto: Reprodução




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *