19 de maio de 2024
  • :
  • :

Carnaval de Salvador já tem 25 presos pelo Reconhecimento Facial

Carnaval de Salvador já tem 25 presos pelo Reconhecimento Facial

O Carnaval de 2024 em Salvador chegou ao seu penúltimo dia com 25 foragidos da Justiça localizados através do Sistema de Reconhecimento Facial, somando-se aos 150 criminosos capturados em flagrante ou com o auxílio da tecnologia ao longo do evento. Os dados foram apresentados durante uma reunião realizada no Quartel dos Aflitos, no bairro Dois de Julho, com a presença do vice-governador e coordenador do Carnaval, Geraldo Júnior, secretários de Estado e outros gestores.

Vinte e cinco indivíduos foram localizados pelo Sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública. Os indivíduos respondiam a processos por homicídio, tráfico de drogas, roubo, furto e dívida de pensão alimentícia. Geraldo Júnior destacou o trabalho e o empenho das forças policiais durante o carnaval, afirmando: “A atuação conjunta e incansável das nossas forças de segurança é fundamental para garantir a tranquilidade e a ordem durante esta festa tão importante para a nossa cidade.”

No domingo de carnaval de 2024, foram realizadas 7 prisões em flagrante. Na data foi registrada uma significativa redução nas ocorrências de furtos, com uma queda de 41% em comparação com o mesmo dia do ano anterior. Além disso, houve uma queda de 55% nas ocorrências de roubos durante as mesmas datas.

Os circuitos oficiais do Carnaval de Salvador continuaram a apresentar reduções nos crimes contra o patrimônio, com destaque para uma diminuição de 36% nos roubos. O secretário de Segurança Pública (SSP), Marcelo Werner, atribuiu essa redução ao investimento histórico em segurança realizado pelo governo do Estado. ”São R$ 30 milhões, com a mobilização de 37 mil policiais e bombeiros nas ruas, com o uso intensivo de inovações tecnológicas e inteligência policial, resultando em menos crimes contra o patrimônio e na apreensão de milhares de itens proibidos, como armas e drogas.”

Prisões

A distribuição geográfica das prisões mostrou que 13 foragidos da Justiça foram encontrados no circuito Dodô, oito no circuito Osmar, três no circuito Batatinha e um na cidade de Porto Seguro. Além dos foragidos, outras 125 prisões foram realizadas em flagrante, abrangendo delitos que incluíram roubos, furtos, tráfico de drogas e importunação sexual.

Para a delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Brito, a integração das forças policiais tem sido um destaque na atuação neste carnaval. “É um trabalho que inclui um planejamento detalhado, presença ostensiva e não caracterizada da polícia, uso de tecnologia de inteligência policial e georreferenciamento das ocorrências. Isso levou a mais prisões e flagrantes, além da devolução de um número expressivo de aparelhos, evidenciando a eficácia do trabalho conjunto das forças de segurança”.

Foto: Divulgação/SSP-BA




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *