18 de abril de 2024
  • :
  • :

Prefeitura de Salvador abre inscrições para cursos de Audiodescrição e Braille

Prefeitura de Salvador abre inscrições para cursos de Audiodescrição e Braille

A Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre) está promovendo dois cursos voltados para a acessibilidade: o curso de Audiodescrição e o de Braille, ambos com inscrições iniciadas nesta segunda-feira (26) e com direito à certificado.

As inscrições para o curso de audiodescrição podem ser feitas até o dia 1º de março, por meio do link: https://forms.gle/9SrCWP4r5ouDvjfP7. As aulas começam no dia 5 de março e vão até o dia 23 de abril. As atividades serão semanais, sempre às terças-feiras, das 8h às 12h, na sede do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (Comped), na Rua Engenheiro Silva Lima, s/n, em Nazaré (rua lateral do prédio da Fumpres, antigo IPS).

A audiodescrição é um recurso de tecnologia assistida que permite que as pessoas cegas e com baixa visão tenham acesso às informações das imagens que estão no ambiente virtual. O recurso descreve todas as imagens de maneira acessível para as pessoas, em diferentes modalidades, a exemplo de texto, QR Code e áudio.

Durante o curso, as pessoas irão aprender, por exemplo, a fazer a descrição de cards e demais imagens estáticas para as redes sociais. Existem diferentes imagens, as de paisagem, fotografia de pessoas e os cards, e cada uma deve ser descrita de uma maneira. Serão ensinados os diferentes caminhos para a audiodescrição dessas imagens.

Os professores para esta turma serão os audiodescritores Daiane Pina e Allan Gandarela. A carga horária total do curso será 40h.

Braille – Já as aulas de Braille começam no dia 6 de março e vão até 15 de abril, sempre às quartas-feiras, das 8h às 12h, também na sede do Comped, em Nazaré. São 15 vagas oferecidas e os alunos irão aprender um pouco sobre a origem do Braille, alfabeto Braille, regras para a escrita, pontuação e outros sinais gráficos.

A professora do curso, que também terá uma carga horária de 40h, será a braillista Daniele Berengue. As inscrições seguem até o dia 2 de março, por meio do link https://forms.gle/UEbXkFbNTVNSEv69.

Mais acessibilidade – Segundo Daiane Pina, que também é diretora de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência da Sempre, o objetivo ao realizar cursos como esses é disseminar a cultura da acessibilidade, dos espaços acessíveis e também de que as pessoas conheçam recursos para atender melhor a população de Salvador.

“A gente quer que Salvador seja uma cidade onde as pessoas saibam lidar com a diversidade humana. Então, eu não sei Libras, mas eu sei fazer uma audiodescrição para a pessoa cega; eu não sei audiodescrição, mas eu sei Braille e posso ler algo em Braile que esteja em uma caixa de remédio para uma pessoa cega ou com baixa visão”, afirma.

Além desses dois cursos, a Sempre planeja realizar outros voltados para a promoção da acessibilidade, a exemplo do de Soroban, instrumento de cálculo utilizado por cegos; Orientação e habilidade, direcionado para profissionais de turismo para que possam guiar pessoas com deficiência nos pontos turísticos; e o de Língua Brasileira de Sinais (Libras), este último previsto para a primeira semana de abril.

Foto: Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *