16 de dezembro de 2018
  • :
  • :

Vice de José Ronaldo, Mônica Bahia é ativista da Ordem dos Médicos do Brasil

Vice de José Ronaldo, Mônica Bahia é ativista da Ordem dos Médicos do Brasil

A médica Mônica Bahia (PSDB) é o nome mais desconhecido da chapa de Zé Ronaldo. Obstetra, ativista contra corrupção, membro da Ordem dos Médicos do Brasil e a favor de um Brasil limpo.

Por vivenciar as dificuldades na área da saúde pública, se uniu a movimentos por melhores condições de trabalho na José Maria Magalhães Neto, maior maternidade da Bahia. A luta teve continuidade na Ordem dos Médicos do Brasil (OMB), onde pôde transformar sua indignação em ações contra os “programas demagogos” na área da saúde e contra a corrupção na política do país.

A candidata a vice ressaltou a importância da renovação na política e da participação popular na convenção.

“É muito bom encontrar um lugar cheio de pessoas dispostas a batalhar por uma Bahia livre de verdade. Desde 2001, trabalho em hospitais públicos e vejo os problemas reais do nosso povo. Assim, comecei a me aproximar das entidades médicas e da política médica. Desde 2014, fiz parte dos movimentos de rua, que lutaram por um país livre de um governo corrupto e mentiroso. Faço parte da Ordem dos Médicos do Brasil, do MBL e do PSDB, porque entendendo que política tem que ser lugar de pessoas trabalhadoras e de bem”.

Mônica Bahia declarou, ainda, que estava pré-candidata a deputada estadual para fazer dobradinha com o pré-candidato a deputado federal Cezar Leite (PSDB).

“Também é membro da OMB e atual vereador de Salvador, que já vem fazendo trabalho com transparência e ativo. Aceitei o desafio para compor a chapa, pois entendi que, como vice-governadora, vou poder fazer muito mais pela saúde do nosso estado. Serei sempre pela transparência, contra corrupção e para a melhoria da segurança pública, pois sem segurança ninguém vai ao hospital e o hospital não vai à população”.

O candidato ao governo do estado afirmou que a composição da chapa define o que o projeto político quer fazer pelo estado. “Ativista na área médica na Bahia, uma profissional liberal, mulher de luta, que não se acomoda com objetivo de renovar a política do meu estado”, descreveu.

Mônica encerrou o discurso com o grito do movimento de rua “Fora PT”, e foi acompanhada em coro por Zé Ronaldo, ACM Neto, políticos e militantes presentes na convenção.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *