9 de julho de 2020
  • :
  • :

Em Salvador, Rodrigo Maia nega pretensão de ser candidato a presidente

Em Salvador, Rodrigo Maia nega pretensão de ser candidato a presidente

O presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ) veio a Salvador, nesta quinta-feira, 28, participar da inauguração de uma escola com o prefeito ACM Neto (DEM). Neto negou possibilidade de lançar-se candidato à presidência da República, mas passou a bola para Maia, que, por sua vez, refutou a intenção.

A comitiva do Democratas incluiu também o senador Ronaldo Caiado (DEM), que representa o partido pelo estado de Goiás. “Ele (Maia) é o nome ideal para ser o candidato (à presidência). No que depender de mim, vou trabalhar nessa direção”.

“A vinda deles tem um simbolismo, pois são duas das mais importantes figuras nacionais do Democratas. Dois nomes que são muito lembrados como potenciais presidentes da República. Então, eles vêm para prestigiar um evento da prefeitura, mas também falar de política”, disse Neto.

Maia negou que a vinda a Salvador para um evento institucional seria parte de uma pré-campanha à presidência da República. “Vim visitar meu amigo prefeito, como faço todo fim de ano. Não tem nenhuma relação com eleição. Sou deputado federal, não pré-candidato”, escorregou.

Além da sucessão no Palácio do Planalto, Maia também abordou a votação da reforma da previdência, que foi adiada desse ano para fevereiro próximo. O presidente da Câmara sustenta que a reforma é necessária “para acabar com as distorções de quem ganha mais”.

Previdência – O presidente da Câmara reafirmou que a votação para reforma da previdência está com o calendário mantido para depois do Carnaval. “Nós já começamos a trabalhar (a reforma) e vamos continuar em janeiro, para mostrar ao trabalhador que queremos acabar com as distorções”, diz ele.

De acordo com Maia, nos moldes atuais, o trabalhador que recebe até um salário mínimo costuma se aposentar aos 65 anos. Enquanto o servidor público de alto escalão, com vencimentos de R$ 20 a R$ 30 mil, costuma se aposentar, em média, aos 53 anos.

“Nós queremos que aqueles que ganham mais, tanto no INSS quanto no serviço público, tenham as mesmas condições do trabalhador que recebe o mínimo. Esse é o foco principal da reforma. Só não votará a favor quem não quer ou quem não tem responsabilidade com o Brasil”, argumentou.

Questionado por A TARDE por que a reforma não mexe nos privilégios de políticos, magistrados e militares, o presidente da Câmara respondeu que, em relação às Forças Armadas, o ministro da Defesa, Raul Jungman, cuida do assunto. “Os militares são outro sistema. Não precisa nem de Emenda Constitucional. As próprias Forças Armadas vão apresentar uma proposta”.

“No caso do nosso regime, dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, todos estão dentro (da reforma) para acabar com essa distorção. O trabalhador que ganha menos não pode financiar o descanso do outros”, sustenta o deputado.

Escola – O prefeito ACM Neto inaugurou nesta quinta a Creche e Pré-Escola Primeiro Passo Nova Brasília, bairro localizado na Estrada Velha do Aeroporto. Com capacidade para atender 300 alunos, a unidade custou investimento da ordem de cerca de R$ 2,5 milhões.

Segundo o titular da Secretaria Municipal de Educação, Bruno Barral, a unidade conta com dez salas de aula, onde estudarão crianças de 2 a 5 anos. Com 827 metros quadrados de área construída, a escola tem ainda diretoria, secretaria, sanitários, pátio coberto, solário e espaços de lazer.

De acordo com o mandatário do Executivo municipal, a meta da prefeitura é entregar uma escola por semana, no total de 12 unidades, até o início do próximo ano letivo, em 5 de fevereiro. “A gente segue o passo na educação das crianças de Salvador”, afirmou o prefeito.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *