30 de março de 2020
  • :
  • :

EUA suspendem ajuda a agência da ONU para refugiados palestinos

EUA suspendem ajuda a agência da ONU para refugiados palestinos

Os Estados Unidos suspenderam na sexta-feira (31) sua ajuda à agência da ONU para os refugiados palestinos (UNRWA), alegando que a organização é “irremediavelmente falha”. O premiê israelense celebrou a decisão neste domingo (2).

Em um comunicado, a porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert, afirmou que o país não quer “dar mais financiamento adicional para esta operação irremediavelmente tendenciosa”. Ela também acusou a agência de aumentar “de maneira exponencial” o número de palestinos elegíveis para o status de refugiados. “Simplesmente isto é inviável”.

A UNRWA ajuda os palestinos – e seus descendentes – que foram expulsos ou obrigados a partir durante a guerra de 1948, após a criação do Estado de Israel.

Os Estados Unidos, historicamente o principal país doador da UNRWA, já havia reduzido drasticamente as suas contribuições. De 350 milhões em 2017, o montante passou para 65 milhões em 2018.

A UNRWA expressou “sua profunda rejeição e desacordo com o anúncio dos Estados Unidos”, em mensagem de seu porta-voz, Chris Gunness, no Twitter.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, declarou que a agência tem “toda a sua confiança” e convocou os demais países “a cobrir o rombo financeiro para que a UNRWA possa continuar proporcionando esta assistência vital”.

O premiê israelense, Benjamin Netanyahu, no dia em que Israel celebra o começo do ano letivo, afirmou: “Esta decisão é importante e nós a apoiamos”.

Foto: Reprodução




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *