18 de junho de 2019
  • :
  • :

Bruno Reis autoriza Morar Melhor para 200 casas em Mussurunga

Bruno Reis autoriza Morar Melhor para 200 casas em Mussurunga

O vice-prefeito Bruno Reis autorizou a reforma de 200 unidades habitacionais pelo Morar Melhor, em Colinas de Mussurunga, na noite de sexta-feira (11). Ao lado da vendedora de geladinho Rita de Jesus, uma das primeiras beneficiárias do programa na comunidade, Bruno disse que a iniciativa da Prefeitura vai levar mais dignidade e conforto para 40 mil lares até 2020. “Estamos fazendo obras em toda a cidade. E, por meio do Morar Melhor, levamos essas melhorias para dentro das casas das pessoas também, dando mais qualidade de vida à população”, afirmou.

De acordo com Bruno Reis, a Prefeitura vai investir R$ 1 milhão em obras de requalificação habitacional na comunidade de Colinas de Mussurunga. Trata-se da 27ª localidade a ser contemplada com as intervenções do Morar Melhor na segunda etapa do programa, que promove reformas de até R$ 5 mil por residência, nos bairros mais carentes da capital baiana. As unidades selecionadas recebem serviços de pintura, reboco, recuperação ou troca do telhado, além de substituição de esquadrias e instalações sanitárias.

Em Mussurunga, Bruno Reis também inaugurou a Praça Silvano Alves de Araújo, com academia de saúde e de musculação, espaço infantil, mini quadra e paisagismo. Na solenidade, ele estava acompanhado do deputado estadual eleito Leo Prates e do vereador Paulo Magalhães Júnior, além do secretário de Manutenção, Virgílio Daltro, do presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador, Marcílio Bastos, da diretora das Prefeituras-Bairro, Ana Paula Matos, e de diversos líderes comunitários.

Pela manhã, o vice-prefeito autorizou a reconstrução do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Antônio Pithon, em Fazenda Coutos III, no Subúrbio Ferroviário, com o secretário de Educação, Bruno Barral. “Investimos muito para garantir um futuro melhor aos nossos jovens. É por isso que Salvador está entre as capitais brasileiras que mais avançam no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)”, afirmou Bruno Reis. A nova unidade de ensino terá dez salas de aula e atenderá 400 crianças do grupo 2 ao 5.

De acordo com Bruno Reis, o novo CMEI é uma obra de R$ 4,3 milhões, com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e contrapartida do Município. A escola terá 1.833,02 metros quadrados de área construída, com sala de professores, secretaria, almoxarifado, coordenação, diretoria, brinquedoteca, parque infantil, refeitório, departamento de merenda, cozinha, lavanderia, enfermaria, pátios, solários, jardins gramados e horta.

Foto: Divulgação/SECOM-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *