24 de junho de 2019
  • :
  • :

Guedes diz que Mercosul e União Europeia devem fechar acordo em quatro semanas

Guedes diz que Mercosul e União Europeia devem fechar acordo em quatro semanas

“A Argentina e o Brasil pretendem fechar em até quatro semanas um tratado de livre comércio com a União Europeia”, afirmou o ministro da Economia, Paulo Guedes. Ele faz parte da comitiva que está com o presidente Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira (06), em Buenos Aires, na primeira visita oficial do presidente brasileiro à Argentina.

O propósito da viagem é aprofundar o acordo comercial, segundo o ministro da Economia, e um entendimento está próximo, segundo ele. O bloco econômico do Mercosul ficou estagnado, segundo ele, por causa de uma ideologia obsoleta, e houve dez anos de negociações sem resultados.

“Juntos, nós e a Argentina, pretendemos fechar também em três, quatro semanas, um acordo com a União Europeia”, disse o ministro, em entrevista à repórter da TV Globo Delis Ortiz, na Casa Rosada, a sede do governo argentino.

“O Brasil está abrindo sua economia gradualmente, aumentando, primeiro, a integração com os parceiros regionais, depois partindo rumo à OCDE, acordos com a União Europeia.”

Avanços – O ministro das Relações Exteriores da Argentina, Jorge Faurie, afirmou que houve avanços significativos nos últimos dias, segundo o jornal “Clarín”

O Brasil vai assumir, em julho, a presidência rotativa do Mercosul, que inclui também o Uruguai e o Paraguai.

Os produtores rurais da América do Sul se interessam por um tratado com a União Europeia, mas, para os industriais, o acordo não é tão atraente.

É o contrário da posição europeia: as montadoras e outros setores industriais querem ter acesso aos mercados latino-americanos com alíquotas menores, mas os produtores rurais não querem que o seu mercado seja aberto para exportações.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *