6 de dezembro de 2019
  • :
  • :

Diretor-geral da PF coordena investigação sobre ataques hackers, diz revista

Diretor-geral da PF coordena investigação sobre ataques hackers, diz revista

O constrangimento ao qual foram expostos os integrantes da Lava Jato e o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro, que se tornou símbolo do combate à corrupção no País, pode mudar de lado. Segundo a revista IstoÉ, a Polícia Federal planeja-se para, nas próximas semanas, tentar emitir uma contundente resposta ao que classifica de ação orquestrada perpetrada por criminosos de alto calibre.

Sob a coordenação do diretor-geral Maurício Valeixo, a PF acredita ter se aproximado dos hackers que invadiram a privacidade dos procuradores e expuseram as vísceras da Lava Jato. Em investigações preliminares, os agentes da Polícia Federal já identificaram conexões no Brasil, em especial em Santa Catarina, e no exterior, com o suposto envolvimento de agentes na Rússia e até em Dubai, nos Emirados Árabes.

Segundo agentes ouvidos pela IstoÉ, a PF pode estar perto de alcançar os responsáveis pelo hackeamento ilegal, o que, se confirmado, constituiria uma bomba capaz de provocar uma reviravolta no caso. Clique aqui para ler a matéria na íntegra.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *