20 de setembro de 2019
  • :
  • :

Zé Cocá quer CPM reconhecido como patrimônio cultural imaterial da Bahia

Zé Cocá quer CPM reconhecido como patrimônio cultural imaterial da Bahia

“A inspiradora história do Colégio da Polícia Militar da Bahia (CPM) precisa ser preservada e servir como exemplo para outras organizações de ensino”, afirma o deputado estadual Zé Cocá (PP), lembrando que ao longo de 62 anos o CPM tem sido responsável pela formação de homens e mulheres que orgulham a Bahia. Pensando assim, ele apresentou na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), projeto de lei reconhecendo o CPM como patrimônio cultural imaterial do Estado.

O deputado avalia que a metodologia educacional adotada pelo colégio incorpora valores familiares, sociais, patrióticos, formando cidadãos cônscios de seus deveres, direitos e responsabilidades. Para Cocá, “é importante que as ações do Colégio da Polícia Militar da Bahia tenham continuidade, promovendo a educação e a cultura baiana”.

Zé Cocá lembra ainda que “ao ser criado em 9 de abril de 1957, o CPM tinha a missão de oferecer educação gratuita aos filhos de policiais militares e civis e servidores públicos federais, estaduais e municipais, mas hoje atende à população sem distinção, estando presente, além de Salvador, nos municípios de Alagoinhas, Candeias, Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Vitória da Conquista e Teixeira de Freitas.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *