19 de agosto de 2019
  • :
  • :

Salvador deve concluir testes de ônibus elétrico em 30 dias

Salvador deve concluir testes de ônibus elétrico em 30 dias

Salvador está sendo palco de testes de um ônibus 100% elétrico da empresa chinesa BYD, que possui fábrica em Campinas (SP). Com tarifa normal e em fase de teste, que deve ser concluído no prazo de 30 dias, o equipamento tem circulado por algumas linhas do transporte público da cidade, sendo elas Pirajá – Barra, Pirajá – Pituba, Estação Pirajá – Ribeira e Paripe – Aeroporto via Cajazeiras.

De acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), o objetivo é checar a adequação do veículo às condições do dia a dia do transporte coletivo e as características geográficas da cidade. Além disso, o teste permite ainda que a Semob possa tomar uma decisão futura, tanto para a operação do transporte em outros modais, a exemplo do BRT, quanto a possibilidade de utilizar futuramente o ônibus em linhas convencionais do transporte público.

“Estamos testando e analisando questões como a potência do veículo, capacidade de passageiros, carregamento, funcionalidade e logística. O ônibus elétrico tem uma tecnologia limpa, além de ser aliado do meio ambiente. Se aprovado, é evidente que vai trazer muitos benefícios para Salvador”, afirma o secretário da Semob, Fábio Mota.

Estrutura – Com capacidade para 51 passageiros em pé e 26 sentados, o veículo 100% elétrico não emite qualquer tipo de poluição. O ônibus possui dois motores, sendo um em cada roda, freio ABS e potência de 400cv. Consegue rodar 250km com a bateria completa, que leva até 4 horas para ser recarregada.

O sistema de carregamento da bateria é feito em uma central de abastecimento, que pode ser instalada na garagem dos veículos. O ônibus é conectado em uma tomada até concluir o processo.

Altamente sustentável, possui, dentre as características, a presença de 100% de suspensão pneumática, que oferece mais conforto ao passageiro com o sistema de ajoelhamento, que compreende o piso baixo e a ausência de degraus. Com acionamento de um botão, o carro é inclinado para o lado direito, onde uma prancha é deslizada para facilitar o acesso dos cadeirantes e pessoas com deficiência com tranquilidade e segurança.

Foto: Igor Santos/SECOM-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *