24 de agosto de 2019
  • :
  • :

Joceval propõe que Salvador e Javier na Espanha sejam “Cidades-Irmãs”

Joceval propõe que Salvador e Javier na Espanha sejam “Cidades-Irmãs”

Com o objetivo de fortalecer a devoção ao padroeiro de Salvador, São Francisco Xavier, o vereador Joceval Rodrigues (Cidadania) propôs, por meio do Projeto de Lei nº 246/19, que o Executivo Municipal firme acordo de irmandade entre a capital baiana e Javier, em Navarra, na Espanha.

Conforme Joceval Rodrigues, a proposta tem o objetivo de incrementar o turismo entre as duas cidades. Neste sentido, o Poder Executivo Municipal, por meio dos seus órgãos competentes, fica autorizado a firmar acordos, convênios e programas de cooperação técnica, científica, artística, cultural e social.

Ao justificar o projeto de lei, o vereador lembrou que “Salvador é uma das principais referências em turismo religioso no Brasil e, diferentemente do que a maioria da população pensa, o padroeiro da capital baiana não é Senhor do Bonfim, mas, sim, São Francisco Xavier, um padre jesuíta espanhol e cosmopolita que tinha o coração aberto para o mundo”.

Devoção – Ainda nas suas argumentações, Joceval frisou que “a festa de São Francisco Xavier é celebrada pelos soteropolitanos no dia 10 de maio e a devoção ao padroeiro é muito forte na comunidade de Navarra, na Espanha, em Lucerna, na Suíça, em Bensheim, na Alemanha, e entre os católicos de toda a América Latina e Ásia”.

Ele reforçou que “a devoção ao Santo San Francisco Xavier ganhou intensidade no período colonial do Brasil quando a cidade de Salvador foi assolada pela febre amarela, em 1686, e pela cólera morbus, em 1855”.

São Francisco Xavier nasceu no castelo de Javier, na região de Navarra, na Espanha, em 7 de abril de 1506. Foi proclamado padroeiro de Salvador em 10 de maio de 1686, conforme bula solene.

Foto: Valdemiro Lopes/CMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *