19 de setembro de 2019
  • :
  • :

Memorial da Basílica N. Sra. da Conceição da Praia será aberto para visitação

Memorial da Basílica N. Sra. da Conceição da Praia será aberto para visitação

A abertura do Memorial da Basílica Nossa Senhora da Conceição da Praia para visitação pública a partir do dia 10 de setembro é mais um atrativo para moradores e turistas que visitam Salvador. O templo, construído entre o final do século 18 e o início do século 19, é um dos mais antigos da cidade e sede do evento que praticamente abre o ciclo de festas da Bahia: as celebrações à padroeira Nossa Senhora da Conceição da Praia, cujo auge é no dia 8 de dezembro.

Em visita à Igreja para a missa do primeiro domingo de setembro, o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, conheceu instalações do templo que preservam memórias de tempos diversos. A capela de taipa do ano de 1549 que iria dar origem à igreja séculos depois tem ainda algumas de suas ruínas preservadas.

Há também curiosidades, como um armário que encobre uma sala e uma fonte em área aberta doada para a igreja. “Vamos contar a história de cada pedacinho daqui para os visitantes”, anunciou a juíza (administradora) atual da Igreja da Conceição, Marília Gabriela.

Serão lançados também um DVD com a história da Igreja e um livro, da historiadora Alícia Ivanilda Mazoni, com as principais datas relacionadas à Irmandade.

Reformas e limpeza estão sendo feitas em locais como o Cemitério dos Escravos, outra estrutura que faz parte do templo. Há ainda relíquias como uma roupa que vestiu a imagem de Nossa Senhora que sai nas procissões, doada pela família de J.J. Seabra, trajes antigos de sacerdotes, encontrados recentemente, e um órgão alemão de 1.100 flautas, datado de 1819.

“Muitas vezes os próprios moradores de Salvador não conhecem os tesouros patrimoniais que guardamos aqui, que são importantes atrativos para os turistas que nos visitam”, afirmou Fausto Franco.

Novena – Os preparativos para as comemorações a Nossa Senhora da Conceição da Praia seguem em ritmo intenso. A novena começa no dia 29 de novembro. No dia 8 de dezembro acontece a grande festa da santa padroeira de Salvador, que começa com missa e procissão pelas ruas do Comércio. Turistas do mundo inteiro são atraídos pelo evento, que abre o calendário festivo que se encerra com o Carnaval.

A igreja conta ainda com uma orquestra e coral de 36 integrantes, entre músicos e cantores, regidos pelo maestro David Tourinho. Eles executam as intervenções musicais nas celebrações e missas, como a rezada na manhã deste primeiro domingo de setembro pelo padre José de Ribamar.

Foto: Divulgação/Ascom-Setur




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *