12 de novembro de 2019
  • :
  • :

Estado e prefeituras debatem estratégias para combater manchas de óleo na Bahia

Estado e prefeituras debatem estratégias para combater manchas de óleo na Bahia

Os secretários Luiz Carreira (Casa Civil), e André Fraga (Sustentabilidade), o presidente da Limpurb, Marcus Passos, e o diretor da Defesa Civil, Sósthenes Macêdo, participaram na tarde desta quinta-feira (17) de uma reunião com o governador Rui Costa para discutir estratégias de combate ao vazamento de óleo que atinge algumas praias de Salvador desde a semana passada. Prefeitos de cidades atingidas pelo desastre ambiental também compareceram ao encontro, realizado na governadoria.

Após a reunião, Luiz Carreira disse que esta foi a primeira vez que representantes da administração municipal foram chamados oficialmente pelo governo do estado para conversar sobre as manchas de óleo nas praias de Salvador. “Fomos chamados pelo governo para participar de uma reunião sobre um assunto que é muito importante não só para Salvador, mas para todo o estado, com esse impacto violento que está acontecendo nas praias. Talvez um dos maiores desastres ambientais desse país. A prefeitura está trabalhando fortemente pra tentar minimizar os efeitos da chegada desse óleo nas praias. A Limpurb tem trabalhado direto, tanto na notificação de novas ocorrências como na limpeza das praias, para evitar que esse óleo volte. Essa é a parte inicial, a da limpeza, depois vamos trabalhar recolhendo aqueles materiais que ficam de resíduo em cada lugar”, disse o chefe da Casa Civil da prefeitura.

Balanço – Somente nesta quinta-feira (17), a Prefeitura de Salvador, através da Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb), retirou 47 toneladas e 920 quilos de petróleo das praias de Salvador. Com mais 23 toneladas e 580 quilos retirados ontem, a capital baiana contabiliza um total 71,5 toneladas de material desde a última quinta-feira, quando surgiram as primeiras manchas na cidade.

No total, 405 agentes de limpeza, 16 caminhões e três tratores trabalham na força-tarefa montada para a retirada desse material.

As praias atingidas foram as da Pituba, Jardim dos Namorados, Jardim de Alah, Boca do Rio, Stella Maris, Praia do Flamengo, Ipitanga, Piatã, Itapuã, Placarford, Amaralina, Ondina, Rio Vermelho e Barra.

A Prefeitura orienta à população para não manter contato com o material. As pessoas que visualizarem a presença de óleo podem acionar a Prefeitura através do Fala Salvador, no número 156.

Foto: Divulgação/Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *