22 de novembro de 2019
  • :
  • :

Vitória encara o Brasil de Pelotas nesta terça no Barradão

Vitória encara o Brasil de Pelotas nesta terça no Barradão

Em reta final de campeonato, o Vitória poderá ter desfalques importantes para o duelo desta terça-feira (05), às 20h30, diante do Brasil de Pelotas, no Barradão. Isso porque, os laterais Bocão e Chiquinho, além do atacante Wesley não participaram das atividades nesta manhã. Mesmo assim, ambos foram relacionados para o duelo e, se estiverem aptos, poderão ser opção para o comandante Geninho.

Sobre as dúvidas que pairam a montagem do time para o jogo contra a equipe gaúcha, o treinador Rubro-Negro garantiu em coletiva nesta segunda (04), que ainda não tem, ao certo, os onze iniciais que começarão a partida.

“Estou com alguns problemas no departamento médico. Preciso de uma definição até esta terça-feira de manhã. Alguns jogadores, inclusive, foram passar por exames agora, não participaram do treinamento. A gente só vai ter os resultados pela tarde para definir se o jogador está 100% ou não para atuar. Tenho algumas indefinições. Foram fazer exames, não tenho muito o que esconder, Bocão, Wesley e Chiquinho. Fiz um encaixe, uma formação sem esses jogadores. Realmente, só vou definir o time amanhã. Até a hora do almoço espero ter o time definido. Já terei o resultado dos exames”, afirmou.

Em caso de desfalques por parte desses atletas, Geninho afirmou que já pensou em algumas opções para estar substituindo. Além dos três, um dos principais atletas do time – o equatoriano Jordy Caicedo – é mais um da lista que não poderá atuar. Este, em decorrência da suspensão pelo terceiro amarelo.

“Se você me perguntar hoje o time, posso te dar alguns nomes que provavelmente vão jogar, mas não daria uma informação exata, o que seria muito ruim. Algumas substituições são claras. Se não jogar o Bocão, joga o Van. Trabalhei a possibilidade do Rodrigo Andrade no meio, algumas mudanças na frente, já que não tenho o Jordy nem como opção. Ele é uma opção para ser utilizado para ser utilizado na faixa de 20, 25 minutos, seguindo orientação médica. Temos praticamente quatro jogadores de stand by”, revelou o comandante.

Questionado sobre a vaga de Wesley, Geninho citou alguns nomes que tem em mente. “Estou no aguardo. Tenho Eron, o próprio Gedoz puxando para ponta. Estou trabalhando com algumas situações. Mas torço muito para que o Wesley seja liberado, porque, na minha opinião, ele é uma das melhores válvulas de escape no ataque”, ressaltou.

Apesar das necessidades em decorrência deste fatores externos, o técnico do Leão ainda garantiu que não pretende fazer nenhuma mudança muito drástica no time. Pelo menos, não para esse jogo diante do Brasil de Pelotas.

Últimos jogos – A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou a tabela detalhada com os três últimos jogos do Vitória no Brasileirão da Série B. O Leão faz duas partidas fora de casa, contra América-MG e Operário, e na última rodada recebe o Coritiba no Barradão.

O confronto com o América-MG abrirá a 36ª rodada, no feriado de 15 de novembro (Proclamação da República), no Estádio Independência, às 16h. O duelo contra o Operário, pela 37ª rodada, acontece no dia 19 de novembro, no Germano Krüger, às 21h30. E no dia 30 de novembro, pela 38ª, o Leão recebe o Coritiba no Barradão, às 16h30.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *