17 de janeiro de 2021
  • :
  • :

Esquadrãozinho leva 2 a 1 do Vasco na 1ª final da Copa do Brasil Sub-20

Esquadrãozinho leva 2 a 1 do Vasco na 1ª final da Copa do Brasil Sub-20

Para conquistar um título inédito para as divisões de base do Bahia, o time do sub-20 vai precisar reverter a derrota por 2×1 sofrida para o Vasco no jogo de ida disputado em Pituaçu. A partida deste domingo (27) foi marcada por um Bahia criativo, mas pouco efetivo no último terço do campo. Já o Vasco, aproveitou as poucas chances que teve para sair em vantagem na final da Copa do Brasil Sub-20.

Jogando em casa, o time treinado por Eduardo Guadagnucci começou a partida melhor, propondo o jogo pelo lado direito e chegou a primeira finalização com apenas dois minutos. Daniel chutou forte de esquerda e obrigou o goleiro Cadu, do Vasco, a fazer boa defesa. E não demorou muito para que a tática funcionasse para o Bahia.

Douglas Borel recebeu na direita, cruzou na entrada da área e o quique da bola enganou o lateral do Vasco JP Galvão. Thiago, artilheiro da competição, dominou de esquerda e conseguiu tirar o marcador da jogada, concluindo a finta com um toque de biquinho para o fundo do gol. Bahia na frente aos 16 minutos do 1º tempo e sétimo gol de Thiago na copa.

Mas a vantagem no placar não fez bem ao Tricolor. A equipe do Vasco adiantou ainda mais as linhas de marcação – tática adotada desde o início do jogo – e seguiu a orientação que o técnico Diogo Siston declarou antes da bola rolar: “Não vamos abdicar do ataque, mas temos que ser organizados”.

E foi a organização que levou a equipe carioca ao empate no placar. Povoando o meio-de-campo e trocando passes em frente a área do Bahia, o Vasco chegou no ataque com o meia paraguaio Matias, que tabelou com o MT e Gabriel Pec, que finalizou com força e empatou a partida aos 45 minutos.

A essa altura, as transições rápidas e as bolas longas pelo lado direito com Borel já não surtiam efeito. Daniel ainda protagonizou um belo lance quando colocou a bola entre as pernas de Caio Eduardo e na jogada seguinte chutou forte de fora da área, obrigando Cadu a fazer mais uma boa defesa.

Por outro lado, o Vasco não teve dificuldades em seguir com sua estratégia tática e, em um erro de passe do zagueiro Gabriel, do Bahia, Pec roubou a bola e serviu Laranjeira, que cruzou na área para MT empurrar para as redes. O trio apareceu novamente quatro minutos depois e colocou o Vasco na frente do placar: 2×1.

A partida de volta será no próximo domingo (3), às 19h, no estádio de São Januário. No regulamento da Copa do Brasil Sub-20 não há o critério de gol fora de casa, portanto, o Bahia precisa vencer por um gol de diferença para levar para os pênaltis, ou pelo menos dois para levantar a taça. Os cariocas têm a vantagem do empate.

Foto: Felipe Oliveira/E.C.Bahia




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *