15 de agosto de 2022
  • :
  • :

Salvador assina carta da Unesco para fortalecimento do setor de Economia Criativa

Salvador assina carta da Unesco para fortalecimento do setor de Economia Criativa

Ao lado de outras dez cidades brasileiras, Salvador assinou a “Carta de Santos” junto à Rede de Cidades Criativas da Unesco (UCCN), durante a 14ª Conferência Anual da UCCN, realizada em Santos (SP) na semana passada. A capital baiana foi representada pela secretária de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), Mila Paes, e pelo diretor da Salvador Tech, Leandro Lima.

Também estiveram presentes ao encontro os representantes das cidades de Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Campina Grande (PB), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), João Pessoa (PB) e Paraty (RJ), além da anfitriã Santos. Comprometidas em trabalharem de forma integrada, coordenada e multidisciplinar com ações e projetos inovadores e impactantes, com a incorporação da tecnologia e a sustentabilidade, na área de Economia Criativa, as cidades-membro deverão seguir 12 recomendações previstas na Carta.

O objetivo é o fortalecimento do potencial criativo das cidades, definindo ações para os segmentos específicos – arte midiática, gastronomia, arte popular, literatura, música e cinema. Dentre as recomendações previstas, a “Carta de Santos” estimula a implantação de um comitê de governança com representantes do poder público, setor produtivo, sociedade civil e acadêmico; o mapeamento de setores de economia criativa; o desenvolvimento de projetos inovadores; a criação de políticas públicas de estímulo aos empreendimentos relacionados à Economia Criativa, pesquisa da cultura material e imaterial, promoção do intercâmbio entre os membros da UCCN; incentivo de planos estratégicos e outros.

“O encontro foi bem produtivo, apresentando uma postura colaborativa entre as cidades-membro, demonstrando que estamos alinhadas no desenvolvimento de iniciativas que visam potencializar o setor criativo e no incentivo à formação de talentos”, avaliou a secretária Mila Paes. A conferência serviu ainda para troca de experiências e uma oportunidade de Salvador mostrar as ações desenvolvidas neste tema, como o Polo de Economia Criativa de Salvador – Doca 1 e os equipamentos culturais Casa do Carnaval e Cidade da Música da Bahia, dentre outros.

Rede – A UCCN foi criada em 2004, com objetivo de aproximar as cidades que se destacam nas áreas de Economia Criativa. No Brasil, as cidades-membros se reúnem desde março de 2018, visando o diálogo e desenvolvimento de ações conjuntas que possam contribuir para alavancar o setor criativo, assim como outros segmentos relacionados – Meio Ambiente, Inclusão Social e Diversidade Cultural. Em 2015, a capital baiana recebeu o título de Cidade da Música, sendo na ocasião a primeira cidade brasileira e a terceira no mundo a receber o reconhecimento da UCCN.

Foto: Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *