18 de junho de 2024
  • :
  • :

Ilhéus: Alunos do Ceep do Chocolate produzem ovos de Páscoa para doação

Ilhéus: Alunos do Ceep do Chocolate produzem ovos de Páscoa para doação

Estudantes do curso de Agroindústria do Centro Estadual de Educação Profissional (Ceep) do Chocolate Nelson Schaun, em Ilhéus, que atuam na fábrica-escola implantada pela Secretaria da Educação do Governo do Estado estão produzindo Ovos de Páscoa e bombons de chocolate. Os produtos serão destinados aos estudantes e à comunidade acadêmica do Ceep e alunos em vulnerabilidade social de escolas infantis de comunidades de Ilhéus.

Durante todo o mês de março serão confeccionados cerca de 2.500 ovos de Páscoa nas versões 45% cacau, 56% cacau, ao leite, além de 5.500 bombons com 45%, 61% e 70% cacau, num total de meia tonelada de chocolates, produzidos com cacau premium de alta qualidade.

O estudante Renato Fiuza participa de todo o processo de elaboração dos ovos de Páscoa. “Sou apaixonado pelo chocolate e a escola oferece todas as condições para que a gente possa evoluir e crescer profissionalmente, já que pretendo fazer um curso superior e atuar nesse mercado. Essa produção não só amplia os conhecimentos, como incentiva a solidariedade”, diz.

A estudante Eduarda Santos, afirma que “a atividade aqui na fábrica-escola é muito gratificante e eu pretendo trabalhar com chocolate porque amo essa profissão. Além disso, fico feliz em saber que esses ovos de Páscoa vão fazer a alegria de muitas crianças. Na terra de Jorge Amado, chocolate pra mim é uma paixão”, diz Eduarda.

Walmacy Pereira Souza, ex-aluna da primeira turma e atual orientadora na fábrica-escola afirma: “me apaixonei pelo cacau e chocolate, tive uma ótima orientação e hoje posso transmitir esses conhecimentos para os estagiários. É a carreira que quero seguir profissionalmente, sempre buscando me aprimorar nessa área fascinante”.

Walmacy acaba de ser aprovada no Curso de Cacau e Chocolate da Universidade Federal do Sul da Bahia, que mantém o itinerário contínuo por intermédio do Sisu, para estudantes do Ceep do Chocolate Nelson Schaun.

Apoio ao empreendedorismo

A professora Joelma Mendonça, responsável pela fábrica, destaca a satisfação de ver os adolescentes amadurecendo profissionalmente. “Isso traz uma satisfação muito grande, no conceito de uma escola pública de qualidade, que oferece toda a estrutura para capacitação e inserção num mercado com enorme potencial de crescimento. Num momento especial como a Páscoa, eles têm a oportunidade de produzir e desfrutar de um chocolate que além do sabor marcante envolve toda a história do cacau do Sul da Bahia”.

O Ceep do Chocolate Nelson Schaun incentiva o empreendedorismo entre os estudantes, através de eventos como o Festival Internacional do Cacau e do Chocolate em Ilhéus-Chocolat Festival, em Ilhéus, onde a produção dos alunos é apreciada por milhares de visitantes do maior evento do gênero na América Latina.

Atualmente, a fábrica-escola do Ceep do Chocolate em Ilhéus conta com cerca de 300 estudantes no curso de Agroindústria, que conciliam o conhecimento acadêmico com as atividades práticas. Além do Ceep Ilhéus, o Governo do Estado mantém fábricas-escola do Chocolate no Ceep da Floresta do Cacau e do Chocolate Milton Santos, em Arataca, e no Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) do Médio Rio de Contas, em Ipiaú.

Foto: Daniel Thame/GOVBA




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *