19 de maio de 2024
  • :
  • :

Janja rebate comentários de internautas que cobraram piso nacional da enfermagem

Janja rebate comentários de internautas que cobraram piso nacional da enfermagem

A primeira-dama Janja da Silva repreendeu internautas que estavam cobrando o governo federal pelo pagamento do piso da enfermagem, em uma live que realizou com a ministra da Saúde, Nísia Trindade, na noite desta quinta-feira, 27. A transmissão, feita no perfil pessoal da primeira-dama, buscava explicar mais sobre a nova versão do programa Mais Médicos, mas recebeu uma enxurrada de comentários pedindo informações sobre o início do pagamento do benefício.

No final da transmissão, Janja disse que iria, contra a recomendação das suas assessoras, falar sobre os comentários dos internautas e afirmou que o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é um governo que respeita os profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS), fazendo uma comparação, sem citar nominalmente, da gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). A primeira-dama sugeriu que havia pessoas na transmissão “querendo semear o ódio e a discórdia”, e citou uma necessidade de cultivar o sentimento de união entre os brasileiros.

“Eu só vou dar um toque para o pessoal que está falando da enfermagem, da enfermagem. Eu acho que, se tem um governo que respeita o SUS e respeita todos os profissionais do SUS, médicos, enfermeiros, atendentes de enfermagem, todo mundo que trabalha na área da saúde, é o presidente Lula é esse governo. Não caio nesse… a gente sabe que tem muito pessoal aí querendo semear o ódio e a discórdia, mas, se a gente tem o governo que respeita realmente os profissionais do SUS e todos os profissionais da área da saúde é esse governo”, disse a primeira-dama.

No encerramento da live, a primeira-dama mudou o tom, e disse que os comentários na sua live eram de brasileiros que estavam fazendo uma cobrança do governo federal. A primeira-dama disse que o piso da enfermagem “vai acontecer”, mas não deu mais detalhes sobre prazos para a distribuição do benefício. “Como o presidente Lula diz, é isso mesmo, estão aqui, estão acompanhando, estão cobrando. Cadê o piso? É isso aí. Vai acontecer, muita calma nessa hora gente. Tem um país enorme para reconstruir”, afirmou.

Foto: Reprodução




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *