18 de abril de 2024
  • :
  • :

Prefeitura de Salvador vai implantar Escola Digital no Comércio em parceria com o Senai Cimatec

Prefeitura de Salvador vai implantar Escola Digital no Comércio em parceria com o Senai Cimatec

O prefeito Bruno Reis afirmou nesta sexta-feira (11) que a gestão municipal vai iniciar em setembro a implantação da Escola Digital de Salvador, fruto de uma parceria com o Senai Cimatec. A unidade, que vai oferecer cursos técnicos e de extensão universitária, ficará sediada no bairro do Comércio e integra o conjunto de ações para fomentar o ecossistema de capacitação e geração de empregos no setor de tecnologia na capital baiana.

Bruno participou da abertura da 14ª edição do Agenda Bahia, evento que discute inovação promovido pelo jornal Correio e é realizado no auditório do Senai Cimatec. O prefeito abriu a programação com uma palestra citando outras iniciativas que Salvador tem realizado para modernizar a sua matriz econômica, a exemplo da implantação da Infovia com 800 km de conexão de internet fibra óptica, que deve ser concluída até o final deste ano, o programa Salvador Tech, que oferece capacitação profissional em tecnologia, e a implantação do Hub Salvador, estrutura no Comércio para abrigar empreendimentos de inovação.

“Hoje, há uma carência no mercado de profissionais da área de inovação e tecnologia. E é justamente por isso que vamos agora, no mês de setembro, anunciar a implantação da Escola Digital de Salvador, uma parceria da Prefeitura com o Senai Cimatec. O objetivo é que, com isso, a gente estimule mais um pólo de crescimento econômico, mais um nicho que a gente enxerga para a cidade. Queremos gerar emprego e renda e ir mudando a matriz econômica da nossa cidade, que ainda é economicamente pobre”, disse o prefeito.

A Escola Digital vai oferecer cursos técnicos, de extensão universitária e de formação executiva. Deverão ser oferecidas atividades de formação de competências profissionais nas áreas de desenvolvimento de aplicativos, design, audiovisual, restauro, impressão 3D, modelagem, robótica e games, dentre outros.

Bruno lembrou que, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Semdec), criada em 2021 a partir da sua gestão, a Prefeitura implantou uma série de programas de estímulos e incentivos fiscais para empresas de tecnologia, com a redução de impostos municipais como ISS, TFF e IPTU. Com isso, a cidade tem atraído nos últimos anos startups, incubadoras e aceleradoras de inovação.

Conectividade – Já a secretaria de Tecnologia e Informação (Semit) tem instalado a Infovia, que terá 800 km de conexão por fibra óptica. “Em breve, seremos a cidade mais conectada do Brasil, oferecendo Wi-Fi gratuito em todos os prédios públicos, praças e pontos turísticos. Temos o Hub Salvador em pleno funcionamento e vamos, em breve, construir outro hub digital, desta vez no Subúrbio, para também levar às regiões mais distantes da cidade a possibilidade das pessoas aprenderem e se inserirem nesse mundo”, disse Bruno Reis.

Outra iniciativa, realizada pela pasta de Educação (Smed), foi a distribuição de 106 mil tablets para os alunos do Ensino Fundamental I e II e a entrega de chromebooks para os professores da rede municipal, todos conectados à internet através de um chip com pacote de dados. Com isso, as crianças passaram a ter acesso ao letramento digital e a noções de programação através de plataformas de ensino como o Tech4Kids.

“Digo sempre que o maior e melhor projeto social de qualquer governo é o desenvolvimento econômico. É possibilitar que as pessoas conquistem a sua autonomia através do trabalho. E é isso que estamos fazendo em Salvador. Estamos indo além de oferecer os serviços básicos de uma Prefeitura, que é garantir educação de qualidade, garantir os serviços de saúde, dar apoio e suporte à assistência social”, disse Bruno Reis.

Foto: Betto Jr./Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *