19 de maio de 2024
  • :
  • :

Projeto pioneiro de Educação em Diabetes, realizado em Serrinha, é apresentado ao Ministério da Saúde

Projeto pioneiro de Educação em Diabetes, realizado em Serrinha, é apresentado ao Ministério da Saúde

Na última quarta-feira (09), o deputado federal João Leão (PP), o vereador Alex da Saúde (PP) e a endocrinologista Emanuela Sancho apresentaram o inédito Projeto de Educação em Diabetes, realizado na cidade de Serrinha, a representantes do Ministério da Saúde e da ANVISA em Brasília (DF), compartilhando os detalhes da proposta e sua importância.

“A proposta foi apresentada e recebeu uma acolhida muito positiva. Existe uma possibilidade real de que esse projeto, que teve início em âmbito municipal, se torne um programa nacional. Iniciamos este projeto de educação em Serrinha, onde já é lei, e trouxemos essa proposta para o Ministério da Saúde. Vamos continuar avançando.”, afirmou Emanuela Sancho.

João Leão abraçou a ideia de transformar o Projeto de Educação em Diabetes em um programa nacional. “Após a reunião no Ministério da Saúde, onde discutimos o projeto originado no município de Serrinha, abordando a insulinoterapia e a educação em diabetes, o deputado João Leão expressou seu apoio para levarmos esse programa a todas as regiões do Brasil, melhorando a vida daqueles que necessitam desse tipo de atendimento”, declarou o vereador Alex da Saúde.

O Projeto de Educação em Diabetes tem o objetivo de promover a conscientização e o conhecimento sobre a doença, bem como a importância da insulinoterapia.

Emanuela Sancho liderou a criação do projeto, que posteriormente foi apoiado pelo vereador Alex da Saúde. A proposta foi transformada em política pública oficial após aprovação de forma unânime pela Câmara Municipal de Serrinha e sanção de lei pelo prefeito Adriano Lima (PP).

Emanuela Sancho identificou a falta de educação adequada sobre diabetes em sua comunidade e elaborou uma proposta abrangente para preencher essa lacuna. Em parceria com o vereador Alex da Saúde, o projeto visa melhorar a qualidade de vida dos cidadãos por meio da educação de profissionais da saúde e pacientes, por meio de atividades como workshops, palestras, materiais informativos e campanhas de conscientização.

Foto: Divulgação




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *