19 de maio de 2024
  • :
  • :

Prefeitura vai entregar SAC Náutico em outubro, diz Bruno Reis

Prefeitura vai entregar SAC Náutico em outubro, diz Bruno Reis

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, afirmou na noite de segunda-feira (18) que a gestão municipal deve entregar o SAC Náutico em outubro. O anúncio foi feito durante o lançamento do XII Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora, na sede da entidade, no Costa Azul. A premiação tem como objetivo reconhecer, valorizar e difundir iniciativas inovadoras protagonizadas por governos municipais e que têm o intuito de melhorar o ambiente de negócios, o fomento do empreendedorismo e o desenvolvimento territorial.

O SAC Náutico, que vai fomentar o eixo da economia do mar, foi uma das iniciativas citadas por Bruno Reis durante sua fala no evento. O prefeito destacou que todas as iniciativas tem o propósito de deixar um legado para a capital. “O maior programa social de qualquer governo é geração de emprego e renda, aumento de oportunidades e desenvolvimento econômico. Só assim a gente combate as desigualdades sociais e promove a verdadeira justiça social no Brasil”, salientou.

Também participaram do lançamento do prêmio o diretor-superintendente do Sebrae, Jorge Khoury; o diretor técnico, Franklin Santos; o diretor de Administração e Finanças, Vitor Lopes; o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e prefeito de Belo Campo, José Henrique Tigre; e o presidente da Federação dos Consórcios Públicos da Bahia (FECBAHIA), Thiancle Araújo.

Bruno Reis parabenizou os gestores que representaram os municípios vencedores da última edição do prêmio e anunciou que Salvador vai concorrer neste ano com alguns projetos exitosos. Dentre os cases de sucesso que poderão ser indicados por Salvador, o prefeito destacou o Polo de Economia Criativa, que é o primeiro do Brasil, e no qual o Sebrae também está atuando, o Sac do Empreendedor e o Museu da Música.

Dentro da proposta de fomento à economia, o prefeito abordou ainda as iniciativas para potencializar o empreendedorismo em Salvador. “Adotamos uma série de medidas para melhorar o ambiente de negócios da nossa cidade. O tempo médio para abertura de empresa, quando assumi a Prefeitura, era de quinze dias. Na última semana o Sebrae validou que reduzimos para quatro horas. Tínhamos 159 atividades consideradas de baixo risco, que não precisavam de licença nem alvará da Prefeitura para seu funcionamento. Com os decretos que adotamos já passamos de 700 atividades consideradas de baixo risco”, detalhou.

O diretor-superintendente do Sebrae, Jorge Khoury, falou sobre a importância da entidade manter parcerias para impactar a sociedade. “Colocar nosso sentimento no que o Sebrae faz é fundamental para o desenvolvimento do país. Não à toa a nossa marca, até pouco tempo atrás, foi classificada como a oitava mais vista e buscada. Hoje ocupamos a sexta posição e isso nos deixa honrados e preocupados em corresponder essa expectativa que a sociedade tem da nossa instituição. O trabalho é fundamental para atender os objetivos de capacitar empresas, empreendedores, colaboradores e fazer com que as empresas estejam prontas para desenvolver os trabalhos”, detalhou.

A premiação – Os municípios podem concorrer nas categorias: Simplificação e Fomento ao Empreendedorismo, Sala do Empreendedor, Compras Governamentais, Empreendedorismo na Escola, Inclusão Produtiva, Turismo e Identidade Territorial, Sustentabilidade e Meio Ambiente, Empreendedorismo Rural, Cidade Empreendedora e Governança Territorial.

A cerimônia de premiação das iniciativas vencedoras nacionais da edição XII Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora deverá ocorrer entre junho ou julho de 2024 marcando o encerramento da edição.

Foto: Betto Jr./Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *