19 de maio de 2024
  • :
  • :

Prefeitura inicia requalificação de largo em frente ao TCA e do entorno do Campo Grande

Prefeitura inicia requalificação de largo em frente ao TCA e do entorno do Campo Grande

A Prefeitura de Salvador iniciou nesta quinta-feira (5) as obras de requalificação de todo o entorno da Praça do Campo Grande e do Forte de São Pedro, no Centro da capital baiana. O prefeito Bruno Reis esteve no local para assinar a ordem de serviço com início imediato das intervenções, que vão trazer uma nova configuração sobretudo ao largo em frente ao Teatro Castro Alves, dando maior visibilidade ao prédio, que é um patrimônio histórico da cidade, além de oferecer mais conforto e segurança ao público em dias de espetáculos.

As melhorias se estendem por toda a Rua do Forte de São Pedro, onde há grande fluxo de pedestres diariamente por conta do comércio local, e pelo trecho da Av. Sete de Setembro entre a Casa D’Italia e o Corredor da Vitória, completando todo o perímetro deste local de importância histórica. A Prefeitura também vai revitalizar a Praça da Aclamação, em frente ao Passeio Público, para que seja novamente ocupada pela população.

Em seu discurso, Bruno Reis destacou que as obras são uma continuidade do compromisso da Prefeitura de revitalizar o Centro. “Essa é uma das regiões mais marcantes da história de Salvador. Preciso lembrar que nós já requalificamos todo o Corredor da Vitória, com passeio alargado e com ciclovia. E também já fizemos, através do Prodetur, melhorias na Av. Sete, entre a Casa D’Italia e a Rua Chile, com mais espaço para o comércio de rua”, disse.

“Faltava apenas, portanto, esse entorno do Campo Grande. Aqui, ocorre em todos os anos o Carnaval, e essas melhorias visam também contribuir para o crescimento, ainda mais pujante, da festa no Circuito Osmar. Com isso, estamos tornando a nossa cidade ainda melhor, uma cidade em que a cada dia temos mais orgulho de morar”, completou o prefeito.

O projeto, elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), abrange uma área total de 32 mil m². As obras ficarão a cargo da Secretaria de Manutenção (Seman) e têm um prazo de quatro meses, a tempo do Carnaval de 2024.

Teatro Castro Alves – Na área em frente ao TCA, o passeio será alargado e a rua será de piso intertravado, a fim de dar mais espaço ao público que se concentra no local em dias de espetáculos. Os abrigos para ônibus que ficam no passeio do teatro serão movidos para o largo à frente, garantindo também mais segurança aos usuários do transporte público.

Será criada uma via exclusiva para ônibus que cruza o canteiro central, permitindo deslocar parte do transporte público que vem do Canela e que atualmente se concentra em frente ao TCA. O próprio largo será remodelado para garantir maior acessibilidade a pessoas com deficiência. Será retirado o gradil que separa o bolsão de estacionamento para melhorar o fluxo de pedestres e a segurança, mantendo o número de vagas para os veículos.

Segundo a presidente da FMLF, Tânia Scofield, a ideia do projeto é integrar melhor estes dois espaços simbólicos da cidade que são o Campo Grande e o Teatro Castro Alves. “O TCA é tombado por ser um exemplar da arquitetura moderna brasileira. Então, temos que valorizá-lo. O passeio em frente a ele hoje é muito estreito, então vamos alargá-lo, dando maior segurança ao fluxo grande de pessoas que existe aqui em dias de shows”, disse.

“Para aumentar o passeio, movemos os abrigos de ônibus da frente do TCA, criando um desvio por via exclusiva para o largo em frente, que será mais aberto graças à retirada do gradil. Eu acho que a beleza está nisso, em abrir o espaço para as pessoas. Creio que a gente traz um outro urbanismo, muito mais singelo. Porque o importante nessas áreas em que existem elementos tombados é ter um espaço mais singelo, que não concorra com o equipamento histórico. Vamos dar uma maior visão ao TCA”, completou Tânia.

O titular da Seman, Lázaro Jezler, destacou que as intervenções visam beneficiar também os eventos que ocorrem a cada temporada no Campo Grande, como o Carnaval, o 2 de Julho, o Festival da Primavera e o Natal. “Hoje, o prefeito assina uma ordem de serviço muito importante para essa área da cidade, que costuma receber várias pessoas ao longo do ano. Teremos de fato uma área nova, para que a população possa desfrutar cada vez mais deste Centro Histórico, porque o Campo Grande também faz parte dele”, disse.

Outras áreas – A Rua Forte de São Pedro também terá os seus passeios ampliados e mais acessíveis, assim como passará por um ordenamento das vagas de estacionamento. Já a intervenção que se estende da Casa D’Italia até o Corredor da Vitória consiste na criação de uma ciclovia compartilhada na altura do passeio. O projeto mantém a arborização existente e realinha os postes que atualmente dificultam a acessibilidade.

No mesmo sentido, as intervenções na Praça da Aclamação visam ampliar o acesso das pessoas, mantendo a arborização e adicionando mobiliário urbano para a livre utilização do público, de forma a tornar o local mais seguro e agradável. O projeto arquitetônico mantém o desenho original do espaço histórico.

Foto: Betto Jr./Secom-PMS




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *