17 de novembro de 2018
  • :
  • :

Racismo: Eleitor de Bolsonaro é chamado de “preto e liso” por eleitora de Haddad; assista

Racismo: Eleitor de Bolsonaro é chamado de “preto e liso” por eleitora de Haddad; assista

Da Redação (redacao@newsba.com.br)

Na madrugada deste sábado (20) para domingo (21), a professora Gilmara Craveiro de Vasconcelos, 40 anos, recebeu voz de prisão minutos depois de fazer um insulto racista ao empresário Paulo Policarpo Rodrigues dos Santos após ele declarar voto para presidente no candidato Jair Bolsonaro (PSL) em um restaurante da cidade de Sobral, no Ceará.

Segundo o Boletim de Ocorrência, após Paulo manifestar seu voto, Gilmara o teria chamado de “preto e liso” e que ele deveria votar no candidato Fernando Haddad (PT). O insulto foi filmado por clientes do restaurante e divulgado nas redes sociais.

No vídeo, é possível ver a indignação de Paulo, que chamou a Polícia para registrar a ocorrência.

Gilmara foi autuada em flagrante no artigo 140, parágrafo 3º, do Código Penal, por injúria com elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem. Ela pagou fiança de R$ 1 mil e vai responder ao processo em liberdade.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *