16 de janeiro de 2019
  • :
  • :

Irmã de Rosemary Noronha abre a vida da ex-amante de Lula, diz revista

Irmã de Rosemary Noronha abre a vida da ex-amante de Lula, diz revista

A revista IstoÉ divulgou nesta quinta-feira (10) os principais trechos de uma entrevista com Sônia Maria Nóvoa, 62 anos, irmã da ex-secretária da Presidência em São Paulo Rosemary Noronha, que abriu o jogo sobre o relacionamento entre sua irmã e o ex-presidente Lula.

Apreensiva com a possibilidade de perder seu imóvel – também registrado em nome de Rose – já que a Justiça de Santos deflagrou um processo de leilão por falta de pagamento de despesas, Sônia desabafou: “Não sei do paradeiro dela. Mas ela não foi presa? Olha, não sei como ela ainda não foi presa” disse a irmã, depois de enfileirar os crimes aos quais Rosemary responde na Justiça.

Segundo a reportagem, “a ex-amante de Lula, foge dos oficiais de Justiça como o diabo da cruz. Ninguém consegue intimá-la desde 2017”.

Na entrevista, Sônia disse que a irmã passou a dar de ombros à família a partir de 2014, mas que no ápice do romance extraconjugal entre Rosemary e o ex-presidente petista todos eram muito unidos. “Rose e Lula se amavam muito. Nesse tempo a Rose contava as coisas para mim. Ela me chamava para os jantares românticos com Lula. E eu ia. Lá eu até consegui convites para shows do Roberto Carlos e do Roupa Nova”.

Foi a primeira vez, desde que o relacionamento amoroso entre Lula e Rose veio à tona, que um familiar, congênere, alguém que privou da intimidade do casal decidiu contar – sem mesuras de palavras – detalhes sobre o caso.

“Um dia, Rose me disse: eu ainda vou namorar o Lula. Ela recortava tudo o que a imprensa falava do Lula e guardava em caixas”.

A reportagem questiona como a Rosemary acompanhava Lula em todas as viagens para o exterior. “A Rose viajou com Lula o mundo inteiro. A Marisa não ia nas viagens internacionais”, responde.

Segundo ela, Dona Marisa só descobriu o caso de Lula com Rosemary depois de 2006, “quando Lula a nomeou chefe de gabinete do escritório de São Paulo. Ela proibiu que a Rose acompanhasse Lula e passou a viajar com o presidente. Como a Rose fazia muitas cirurgias plásticas, usava botox, a Marisa disse que também queria fazer e até frequentar o mesmo salão de beleza dela”, afirma.

Clique aqui para ler os principais trechos da entrevista.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *